Olá meninas, preparadas para uma aula rápida de sexo anal? Vamos lá:

1. QUERER FAZER

Parece lógico, mas não é não. Várias mulheres fazem porque o parceiro deseja (muitos insistem!). Aí, naquele dia especial você quer dar aquele presentinho para ele mas tá morrendo de medo, e agora?

2. TEM QUE ESTAR EXCITADÍSSIMA

Sabe o que é isto? Querer muito o ato, por mais que dê uma vergonha ao admitir!

3. NADA DE CULPA

Se topou experienciar este prazer secreto, nada de culpa. Se entregue a ele que o prazer será todo seu!

4. PODE INCOMODAR

Pode incomodar se for a primeira vez? Pode! Mas a maioria das mulheres, mesmo na primeira vez, gostam, por mais que muitas não admitam (apenas no lampejo do divã!).

5. MELHOR POSIÇÃO PARA INICIANTES: DE LADINHO

Depois ouse na clássica de quatro apoios. No início, coloque alguns travesseiros embaixo do abdômen para ficar mais confortável!

6. OS HOMENS ADORAM

Dra. por que os homens gostam tanto deste sexo? Porque no Brasil, e alguns outros países, a preferência nacional é o bumbum. Se ainda tiver aquela marquinha de biquíni, eles deliram!

7. MUITO GEL

Nada de anestésico, é uma região muito vascularizada, apenas gel a base de água ou silicone. O gel é importante, pois o ânus não tem lubrificação natural.

8. CAMISINHA SEMPRE!

A camisinha é fundamental e se no momento da intimidade vocês resolverem ir para outra via, voltar para a posição papai-mamãe, tem que trocar o preservativo!

9. UM PRESERVATIVO PARA CADA LUGAR

Se tiver num swing ou numa baladinha mais animada a regra de ouro é usar um preservativo para cada lugar e um preservativo para cada parceiro. Leve muitas camisinhas!

10. PONTOS ERÓTICOS

Permaneça tocando outros pontos eróticos como o clitóris, as mamas, canal vaginal… Aqui vale uso de massageadores íntimos, enquanto permanecem na relação anal.

11. RELAXE

Sexo anal não propicia o aparecimento de hemorroidas.

12. CUIDADOS

Não recomenda-se a lavagem intestinal, um bom banho e uma ótima depilação são o suficientes para ter tranquilidade. O que sugerimos é uma dieta mais leve, pois o ânus está muito próximo do reto, o final do intestino (lembrando que intimidade é intimidade!)

13. DOR OU DESCONFORTO?

Sentir um desconforto é comum nas primeiras vezes. Algumas pessoas não sentem, gostam desde sempre. Mas se você estiver sentindo dor mude a posição, relaxe e tente outro dia.

14. INCÔMODO CONTÍNUO?

Se for sempre incômodo este tipo de sexo não é para você, ou pelo menos não com aquele parceiro.

15. HÉTEROS E HOMOSSEXUAIS

Esta via sexual poder ser uma via prazerosa para todos os tipos de casais. Héteros, que querem apimentar a relação, relacionamento de duas mulheres, que através de brinquedos eróticos conseguem a penetração, e entre dois homens.

16. EXCITAÇÃO PROSTÁTICA

Esta prática também poderá ser solicitada por um homem heterossexual que tem uma grande excitação prostática. É muito comum este homem, por vergonha, não pedir para sua companheira. Estando com um(a) profissional do sexo este pedido é mais frequente.

17. CUIDADO!

Cuidado com o que se introduz no ânus, esta é uma pratica muito perigosa. Apenas objetos que possuam uma alavanca externa de segurança, como dildos, poderão serem introduzidos.

18. OPÇÃO SEXUAL

Não é porque você gosta desta pratica que você mudou sua opção sexual, a opção de gênero leva em conta muitos outros fatores.

19. GRAVIDEZ

Uma dúvida comum no meu consultório e no programa da rádio: “Estou grávida posso fazer sexo anal?” Pode sim, sem problema algum, com os devidos cuidados já mencionados acima. Muitos adolescentes me perguntam em palestras que realizo se é possível engravidar com sexo anal. A resposta é não!

20. VIRGINDADE

Este tipo de sexo é muito comum para alguns casais jovens que desejam preservar a virgindade (por questões religiosas ou de educação mais conservadora). Lembrando que tem que usar o preservativo devido ao perigo de contaminação com as DSTs (doenças sexualmente transmissíveis).

Se topou experimentar este prazer secreto, nada de culpa, se entregue a ele que o prazer será todo seu! Beijocas e até a próxima.

Matéria Escrita para a Coluna no Site Superela.

Leave a Reply