Lições da telinha: relacionamento abusivo é tema da série “Maid”, da Netflix

Vocês já assistiram “Maid”, na Netflix? É uma série muito interessante, que mostra a trajetória de uma jovem que luta para sair de um relacionamento abusivo e recomeçar a vida ao lado de sua filhinha de três anos. Mas, para conseguir esse objetivo ela tem que vencer vários obstáculos.

Para começar, Alex (esse é o nome da personagem) deixou para trás seus sonhos e depende financeiramente do parceiro. Essa é uma das razões que a prende ao companheiro manipulador e violento.

Sem renda, o trabalho como empregada doméstica surge como opção para a mudança de vida. Mas há outras armadilhas a desviá-la de seu objetivo. Uma delas, a da dependência psicológica, que pode ser tão cruel e nociva quanto a financeira.

Com o tempo, Alex percebe que só reconectando-se com sua essência é que terá sucesso na sua jornada libertadora.

Mais do que isso eu não vou contar pra vocês, para não dar spoiler. Recomendo que assistam.

Baseada na história real de uma mulher chamada Stephanie Land (mas que poderia ser de muitas mulheres que eu e vocês conhecemos), “Maid” mostra que a resposta para aquela pergunta que muitas vezes fazemos – “por que fulana não sai fora desse relacionamento tóxico?” – pode não ser tão simples assim. E que uma rede de apoio – tanto afetiva, na figura de amigos e familiares; quanto psicológica, através de grupos de ajuda, terapeutas etc. – são fundamentais para que as vítimas desses relacionamentos abusivos possam se fortalecer e fazer suas próprias escolhas para sair da triste condição em que se encontram.

Ficha técnica: Maid (Série Original Netflix).
Ano produção: 2021.
Direção: John Wells, Helen Shaver, Nzingha Stewart, Lila Neugebauer, Quyen Tran.
Elenco: Margaret Qualley, Andie MacDowell, Nick Robinson, Anika Noni Rose, Tracy Vilar, Billy Burke, Rylea Nevaeh Whittet.
Classificação: 16 anos.

Abs.

Lelah Monteiro

Psicanalista, sexóloga e fisioterapeuta (www.lelahmonteiro.com.br). Atua em seu consultório em Perdizes (São Paulo, SP) como educadora sexual; terapeuta individual, de casais, de família e sexual. Atende presencial e online. Agendamentos: 11 99996-3051.

Deixe um comentário